sábado, 31 de outubro de 2015

O jardineiro e a Primavera

Por que eu temeria o mar
se minha vida é uma ilha?
Sobreviver virou sonhar
Minha história foi ferida

Sigamos errantes
A Terra não foi prometida
como dito antes

Daraa a Deus dará
O sacrifício é o levante
A primavera álibi, será?
Busco flores noutro continente

Onde o nosso menino
perdeu sua pipa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita e volte sempre!